13/02/2022 às 21:08

Prospecções Arqueológicas em Iraí -RS

9
2min de leitura

PROSPECÇÕES ARQUEOLÓGICAS EM IRAÍ-RS

 

O município de Iraí é um dentre os muitos municípios os da região do Alto Médio Uruguai que faz fronteira com Santa Catarina margeada pelo Rio Uruguai com uma população estima de 7.046 pessoas (IBGE) e pertencente ao bioma da Mata Atlântica. Sua herança cultural está fortemente ligada aos povos tradicionais que ocupavam a região antes da chegada do colonizador europeu. Kaigangues e Guaranis hoje ainda ocupam a região e seus vestígios materiais são frequentemente encontrados as margens do Rio.

Na última quarta-feira dia 09/01/22 realizamos um trabalho de prospecção arqueológica na região denominada “Prainha”. A área é de responsabilidade da Universidade Federal de Santa Maria e já foi ocupada pelos Kaigangues, no entanto, no momento é de uso público e oferece a população um atrativo natural de lazer muito rico, com uma paisagem cultural repleta de nuances e que nos despertaram o interesse sobre seu patrimônio arqueológico.

Chegando ao local por volta de 10h da manhã fizemos uma breve sondagem de Arqueologia da paisagem, registrando as características da região e observando acessos e moradias do entorno. Logo em seguida, percorremos as margens do Rio. A área em questão que compreende mais menos um hectare e tem limite sul com uma propriedade particular, norte com o Rio do Mel, a leste com a BR 386 e oeste com o Rio Uruguai.

A área de várzea é bastante perturbada sendo recentemente utilizada para moradias o que pode ser evidenciado por uma quantidade significativa de estruturas de construção remanescentes e bastante lixo. A Vegetação de mata ciliar é cortada por uma sequencia de trilhas que acompanham o traçado Rio Uruguai e do Rio do Mel, e que nos permitiram ter acesso as áreas de potencial investigação.

As linhas de caminhamento se configuraram como nossa estratégia inicial de prospecção de superfície. Não realizamos prospecções de subsuperfície, mas as informações coletadas com a própria comunidade através de uma etnografia de campo revelaram um potencial na área e que exige um retorno com a aplicação de cortes estratigráficos sistemáticos, aos mesmo tempo que se faz necessário um aprofundamento de pesquisa de história oral com as próprias comunidades indígenas que são vizinhas da área na Terra Indígena Kaigang de Iraí.

Diante do estudo arqueológico inicial faz-se necessário um aprofundamento com estratégias de campo e pesquisas etnográficas para um melhor detalhamento da ocupação humana da região. Mas fica evidente que o conceito de Paisagem Cultural se aplica plenamente na área e revela um potencial consistente para o uso turístico.

 

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Tags

Arqueológicas Iraí prospecções Rio Uruguai

Quem viu também curtiu

10 de Mai de 2021

Prospecções Arqueológicas

03 de Mar de 2021

Arqueologia das margens do Rio Uruguai - São Borja - RS

13 de Fev de 2022

Prospecções arqueológicas em Búzios - RJ

Logo do Whatsapp