16/12/2021 às 12:16

Sinalização do Caminho do Corredor Ecológico da Quarta Colônia – RS

113
2min de leitura

Sinalização do Caminho do Corredor Ecológico da Quarta Colônia – RS

A JHArqueologia participou no final do mês de outubro das oficinas de Sinalização da Trilha de Longo Curso, atividade que integra o projeto de criação e implementação do Caminho do Corredor Ecológico da Quarta Colônia e faz parte da Rede Brasileira de Trilhas. 

A Rede é uma ferramenta de uso público para a conservação, valorização e integração do caminhante coma natureza. Desde a sua idealização em 2017, foi desencadeado um processo de articulação entre o poder público e a sociedade civil a fim de potencializar as trilhas de longo curso como ferramenta para o desenvolvimento de atividades de trekking e caminhadas de longo curso por todo o Brasil. No Rio Grande do Sul não foi diferente.

Idealizado no interior do Rio Grande do Sul, o caminho do Corredor Ecológico da Quarta Colônia, é uma trilha de longo curso com aproximadamente 200Km de extensão que liga as Unidades de Conservação do Parque Municipal Natural Municipal dos Morros em Santa Maria- RS e o Parque Estadual da Quarta Colônia em Faxinal do Soturno-RS, passando por vários outros municípios da região com um potencial natural e cultural extraordinários.

Entre os anos de 2019 e 2021 foi dado início ao processo de implementação da Trilha, tendo como ponto de partida o trecho entre os municípios de Santa Maria e Itaara. Paraefetivação da trilha várias ações foram empreendidas pelo grupo gestor do percurso: reuniões, visitas técnicas, planejamento, mapeamento e oficinas de sinalização.

As oficinas foram realizadas em duas etapas, a segunda no ano de 2021, entre os dias 19 e 20 de outubro, sistematicamente em Santa Maria e Itaara. As atividades consistiram em uma oficina teórica ministrada pelos técnicos das Secretaria Estadual de Meio Ambiente do Rio Grande do Sul (SEMA-RS), e pela realização da parte prática, que foi a própria sinalização do trecho.

A prática foi uma grande atividade integradora entre os vários agentes que colaboram de maneira voluntária no processo de implementação da Trilha. Os pontos, pré-estabelecidos nas reuniões de planejamento receberam as placas confeccionadas pelo grupo e a aplicação de estêncil (pinturas em superfícies)com a pegada da Trilha. Durante o processo uma grande logística foi mobilizada, onde a comunidade se fez presente, ora observando, ora participando ativamente das atividades.

A atividade de sinalização cumpriu sues objetivos, deu outro olhar para as belezas naturais do Trecho, cascatas, trilhas, mirantes foram sinalizados de forma a informar os caminhantes do percurso a ser seguido. Foi apenas uma etapa de um longo processo, mas serviu como um ponta pé inicial, pois integrou a equipe e a comunidade em uma ação que cumpre seu papel de Conservar e valorizar o patrimônio natural da região.

Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Tags

Conservação Ecológico Quarta Colônia rede brasileira de trilhas Sinalização trekkink Trilha de longo curso

Quem viu também curtiu

18 de Dez de 2021

Expedição ao Cânion Josafaz - São Francisco de Paula - RS

18 de Fev de 2022

O QUE É ARQUEOLOGIA?

02 de Mar de 2022

GESTÃO CULTURAL PRA QUÊ?

Logo do Whatsapp